Novo Behemoth: Boreus

Estávamos caçando um Skraev particularmente inteligente num braço exterior do Maelstrom quando vimos estas coisas voadoras. Dava pra ver imediatamente que não eram bestas comuns, mas algo mais parecido com os Behemoths. Agora, você me conhece. Não sou do tipo que ataca animais selvagens sem motivo. No entanto, assim que eu vi esses estranhos voadores eu soube que eles seriam problema.

Enquanto Jaer, Gurindi e Zevoon foram na frente para alcançar o Skraev, eu me separei para lidar com esses pequenos monstros. Eles pareciam perdidos. Quase senti pena deles, verdade seja dita. Isso durou até um deles me atingir com uma bola de cuspe congelada que quase me derrubou da ilha. Ainda bem que eu me recupero rápido, se não as bestas poderiam ter acabado comigo. Do jeito que foi, eu consegui afastá-los sem muitos mais cortes e ferimentos.

Depois de lidarmos com esse Skraev eu acho que o time deveria rastrear essas criaturas voadores de volta à sua origem. Ver de onde vieram. E verificar se tem amigos ainda maiores.

  • Do Diário de Campo do Slayer Branten Kupor, recuperado de seus restos congelados

O Orrery tem registros de Boreus que datam de um séculos atrás. Eu vi esses registros, e os incrédulos relatos que meus predecessores rabiscaram sobre eles. “Impossível”, eles diziam. “Uma farsa”. “Claramente são delírios de Slayers que passaram tempo demais no céu.” Como se o Aether não pudesse tornar qualquer coisa possível. Até mesmo uma besta gigante com chifres que pode controlar servos voadores apenas com sua mente. Uma coisa é incontestável: O Orrery acreditava que este Behemoth estivesse extinto há muito tempo. É evidente que estavam enganados.

  • Do Diário Pessoal do Dr. Shaed Priyani

Z -
Trouxe alguns presentes. Três, todos diferentes entre si. Um cuspidor. Um espreitador. Um bombardeiro. Nunca vi nada tão estranho, e sei que você gosta de coisas estranhas. Pelo menos eu acho. Olha, talvez você possa fazer algo com eles. Talvez não. Tanto faz. Escreva de volta ou não, Garoto Martelo. Você não é tão legal assim. Talvez.
–X

– nota escrita à mão descoberta no chão da Forja do Bormen

O MAESTRO DA DESORDEM

Do coração do Maelstrom vem o poderoso Boreus, um Behemoth com poderes de gelo e com a habilidade de controlar servos voadores. Estas pequenas feras voadores protegem Boreus de perigos e obedecem suas ordens transmitidas telepaticamente. O surgimento súbito de Boreus - que pensavam ser apenas uma lenda - é amplamente visto como outro sinal de que a ameaça Behemoth tem se tornado mais ameaçadora do que nunca.

Boreus

O Boreus é melhor visto não como um único Behemoth, mas como um conjunto de criaturas. Como tal, Slayers que caçarem este Behemoth terão de empregar novas táticas e estratégias para garantir o abate. Cada um dos servos de Boreus pode voar - na verdade, Dr. Priyani acredita que seja esta a razão de terem sido avistados espalhados pelas Ilhas Partidas, muito antes do próprio Boreus ter sido encontrado - e cada um é especializado numa forma diferente de agressão. Estes servos estão mentalmente ligados ao seu mestre, o que significa que os Slayers não podem simplesmente ignorá-los.

DESEMPENHO DE COMANDO

Slayers nomearam os servos de Boreus com apelidos descritivos para que possam ser facilmente reconhecidos.

ESPREITADORES

Os Espreitadores são criaturas esguias, com muitos dentes, que preferem cercar os Slayers e golpear com suas pernas afiadas como lâminas. Eles podem ser facilmente distinguidos por seus membros longos parecidos com lâminas, e são um pouco menores que os outros servos.

Stalker

CUSPIDORES

Os apropriadamente nomeados cuspidores preferem atacar a distância, arremessando projéteis frios e carregados de aether gélido de suas bocas. Estas bolas de cuspe de gelo podem infligir uma quantidade surpreendente de dano aos Slayers desavisados.

Spitter

BOMBARDEIROS

Talvez os servos mais dramáticos de Boreus sejam os bombardeiros - criaturas autodestrutivas que podem armar seus corpos com uma carga aethérica explosiva. Bombardeiros sacrificam-se para explodir os inimigos de Boreus, por vezes levando outros servos com eles.

Bomber

ESCUDOS LEVANTADOS

Os Slayers aprenderam da maneira difícil que Boreus é cheio de surpresas. Enquanto ele lida com ameaças menores como qualquer Behemoth faria - com casco, chifre e dente - ele reage a ataques letais com defesas inatas conforme necessário. Se Boreus for muito ferido, ele pode se enclausurar numa camada impenetrável de gelo aethérico. Enquanto Slayers podem lutar contra este bizarro fenômeno, é apenas ao atacar os servos de Boreus que eles podem carregar suas armas com poder o suficiente para destruir sua fria proteção.

EQUIPAMENTO DE BOREUS

Os ferreiros de Ramsgate tomaram a redescoberta deste Behemoth que se alimenta de gelo como uma oportunidade para explorar ainda mais seus talentos na criação de equipamentos gélidos. A Ferreira Moyra Heigsketter descobriu novos diagramas de Boreus, concebidos por seu bisavô, e mal pode esperar para usá-los. O Armeiro Wils Bormen, por outro lado, está criando desenhos totalmente novos feitos com força Ostiana no estilo de Ramsgate.

Boreus armour

NO HORIZONTE

Enquanto Boreus desce sobre as ilhas da formação Ram, outros mistérios rondam as ruas de Ramsgate. Uma folhagem vasta e verdejante está se arrastando pela cidade, juntamente com estranhos Farslayers que visitam de ilhas distantes conhecidas como Terras Selvagens. Por que estão aqui e o que querem? Talvez a Xelya, a Farslayer de Ramsgate, pudesse dizer, se quisesse. E ela geralmente não quer.


Choose Your Platform

PlayStation 4

Xbox One

PC

Versões para o Nintendo Switch e celulares estão atualmente em desenvolvimento.